Treino Técnico – Charitas 07/04

 

 

Na última quinta-feira, 07/04, ocorreu em charitas um treino técnico realizado pelo Núcleo Organizador da Pesca, Onde o Diretor de Pesca Gabriel Ferreira, acompanhado do Coordenador de Pesca, Flavio Fernandes, desenvolveram trabalho específio para a Gincana Fluminense de Pesca.

Segundo Gabriel Ferreira, o desenvolvimento dos atletas que treinam têm crescimento acelerado: “A pescaria de competição é um acúmulo de experiências. Não existe mágica. Quanto mais o atleta encara a praia, mais experiência ele consegue. Assim, estará melhor preparado para o próximo desafio”.

 

 

Os atletas aprenderam conceitos relativos à fauna local, como os peixes daquela localidade se alimentam. A partir deste ponto, Gabriel dissertou sobre os melhores modelos de anzóis, chumbadas e fez considerações sobre o comprimento de pernadas.

Segundo Gabriel, a forma de iscar o anzol e o trabalho com a isca fazem a diferença. “É melhor perder mais algum tempo e fazer uma boa iscada para trazer um dublê do que perder tempo duas vezes na situação em que o peixe roube sua isca”. Ainda Gabriel frisa a importância da velocidade no momento inicial da prova: “Vai ter muito peixe no início, enquato o sol ainda brilhar. De noite o peixe tende a sumir. Por isso é importante a concentração no início da prova”.

 

 

Os participantes tiveram a oportunidade de agregar muitos conhecimentos, e estão melhor preparados que os demais. Já havia sido realizado, na segunda-feira, outro treino técnico. Gabriel informa que a situação mudou completamente e quem teve a dedicação de estar presente nas duas oportunidades pôde analisar as diferenças ocorridas.

Está tudo pronto para mais este grande evento e as equipes do PCP estão com “Sangue no Olho” em busca da vitória.

Em breve mais novodades.